segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Natal é festa cristã?

saturnalia, festa romana ao deus saturno donde deu origem ao natal


Natal é festa cristã?
Lc. 2.8-14
Introdução
Você já percebeu que quando se aproxima o Natal, as pessoas ficam mais sensíveis, mais emotivas, mais amáveis, isto já foi determinado no céu.
Lc.2.14. “...Paz na terra, boa vontade para com os homens”.
Ainda que o mundo não esteja em paz, há um desejo de paz da parte de Deus para com os homens.
As pessoas nesta época ao se lembrarem do nascimento de Cristo ficam mais receptivas; tanto para as mensagens que Deus quer mandar, como para com os seus semelhantes.
As pessoas começam a sentir aquele amor, aquele carinho, o desejo de rever os parentes; alguns vão fazer trabalhos sociais nas ruas, nos orfanatos, nos abrigos, visitar favelas, levar presentes.
Parece que o ser humano nesta época, ao pensar em Cristo, modifica alguma coisa dentro do seu ser. Ele se sente mais disposto a fazer o bem.
É impressionante como o espírito do natal contagia, não só no Brasil mas em todo o mundo.
Mas vamos meditar numa coisa e é o que as pessoas mais querem saber:
Porque ao chegar a época do natal, as pessoas que já conhecem o Senhor Jesus, muitas ficam na dúvida: “afinal o natal é uma festa cristã ou é uma festa pagã?
Devemos entrar realmente neste espírito de natal ou devemos repudiar tudo isso? Muitos cristão não sabem ao certo se devem celebrar o natal.
Vamos conhecer a verdadeira história do natal.
Quando Jesus Cristo nasceu e os anjos anunciaram o seu nascimento, não se registrou o dia que Ele nasceu. Os anjos simplesmente disseram:..
...continua em "mais informações"

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O vale de ossos secos



Ez. 37:1-14
Ilustração – Falar sobre o ossário, no cemitério
Introdução:
Os ossos são a casa de Israel (VS. 11), que é o povo de Deus, que é a igreja. Vejamos como a igreja pode estar aos olhos de Deus: apenas ossos sequíssimos (vs. 2).
Argumentação
I - O que é preciso para que a igreja tenha vida?
1. Que alguém creia na Palavra de Deus, ainda que a atual circunstância pareça dizer o contráriovs. 3,4,7profetizar é “declarar o que Deus diz. Diferente da confissão positiva (eu determino), a profecia diz: “assim diz o Senhor”.
2. Que haja tendões sobre os ossosvs. 6 – são os ligamentos que unem os ossos. O povo de Deus tem que estar unido para ter vida. Um monte de ossos separados são apenas ossos, mas quando ligados são um corpo.
3. Que cresça carne sobre os tendõesvs. 6 – é o conteúdo interior. A robustez interna. É onde se acham as reservas de energia. É o que identifica a saúde de uma pessoa. O doente fica “em pele e osso”. Se o povo de Deus quer ter vida, é preciso cuidar do conteúdo do corpo. A unidade tem que ser revestida de conteúdo.
4 .Que se estenda pele sobre a carnevs. 6 – é o revestimento exterior. Aquilo que se vê em uma pessoa. É o que revela a beleza do corpo. Ninguém consegue enxergar os ossos, os tendões ou a carne. Se a igreja de Deus quer ter vida, é preciso mostrar um exterior saudável.
5. É preciso entrar nela o Espíritovs. 9 – até aqui o que se tem, apesar de essencial à vida, é apenas um “defunto fresco”, que não é muito diferente dos ossos secos. A diferença é só o tempo. Se o corpo recuperado não receber o Espírito, logo voltará a ser ossos secos. (vs. 8) a igreja de Deus tem que amar e desejar a presença do Espírito Santo. (vs. 9)
A - Para viver – vs. 10.
B - Para se por de pé – vs. 11
Conclusão
O objetivo de Deus é que sua igreja tenha vida (vs. 5) e seja cheia do Espírito Santo. É possível que sua vida, sua família, sua igreja estejam “sequíssimos”. Mas eu creio na palavra de Deus e profetizo que esses ossos tornarão a viver. Em nome de Jesus!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

CURSO INTERATIVO DE TWITTER

Sem dúvida, o twitter é a ferramenta mais utilizada na rede como intercâmbio entre pessoas, empresas e comunidades, apesar de ser simples, muitas pessoas tem dificuldades no seu uso. 
Pensando nisto foi que disponibilizamos este 
tutorial do twitter em vídeo, um dos melhores.

A base dos projetos de Deus para a nossa vida


A base dos projetos de Deus para a nossa vida
Jer. 29.11-14 - Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
12 Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
13 E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.
14 E serei achado de vós, diz o SENHOR, e farei voltar os vossos cativos e congregar-vos-ei de todas as nações, e de todos os lugares para onde vos lancei, diz o SENHOR, e tornarei a trazer-vos ao lugar de onde vos transportei.
Introdução
Situando-se na história
Este texto foi endereçado ao povo de Israel, mais ou menos 650 anos antes de Cristo, quando o povo estava cativo na Babilônia
Hoje ele serve para nós porque segundo o aposto Paulo aos Gálatas. 6.16, nós somos o Israel de Deus.
Planos, Projeto é algo que pensamos e depois colocamos em prática ou não. Quantos projetos não ficam engavetados, não são colocados em prática. Por pelo menos por 4 razões ...continua em "mais informações"

sábado, 17 de dezembro de 2011

Quando Deus parece distante


Quando Deus parece distante

Is. 8.17
Introdução
Quantos já sentiram a experiência de que Deus não está ouvindo a sua oração?
Por que acontece isto?
Vamos meditar?
Na nossa amizade com Deus, não será sempre que sentiremos sua presença.
“todo relacionamento passa por períodos de proximidade e distanciamento, e no relacionamento com Deus, por mais íntimo que seja, o pêndulo vai oscilar de um lado para outroe é ai que a adoração torna-se difícil (Philip Yancey - O Deus invisível).
Exceto Jesus, Davi foi o homem que mais teve amizade com Deus, mas... (lembre-se que foi o próprio Deus que disse: achei a Davi, homem segundo o meu coração)-At.13.22         ...continua em "mais informações" 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

O que você sabe sobre o Inferno?


O que você sabe sobre o Inferno?

Mt. 10:28
Introdução
A pergunta: existe inferno mesmo ou é apenas uma maneira de fazer com que as pessoas sejam boazinhas?
1 – O Inferno existe realmente?
– A Bíblia fala acerca desse lugar 58 vezes; 24 vezes como inferno; 12 vezes como abismo; 10 vezes como hades; 6 vezes como fogo eterno; 3 vezes como lago de fogo e enxofre; 2 vezes como segunda morte e 1 vez como lugar de tormento.
– Detalhe: Muitas destas vezes foram pronunciadas pelo próprio Jesus.
– Advertência do texto básico da nossa meditação. - E não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.
2 – O que é o inferno?
2.1– A princípio, um lugar criado por Deus para castigar Satanás e seus anjos (demônios) pela sua rebelião nos céus. continua... clique em "mais informações"...

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Jesus e a Tecnologia


Jesus e a Tecnologia

1Co. 11.26 - Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha
Introdução
Paulo está escrevendo a uma igreja que ele organizou na cidade de Corinto. Ele está dando instruções sobre a ceia e que a morte de Jesus fosse anunciada até que ele voltasse.
2 - A morte de Jesus foi um fato traumático na historia da humanidade. (Falar sobre tudo que disse e fez).
3 - A morte de Jesus causou uma comoção na natureza. (falar sobre as trevas, o terremoto e a ressurreição de mortos)
4 - Foi sepultado e, como sabemos no terceiro dia, Ele, de uma maneira também inédita, ressurgiu dos mortos, saiu da sepultura, apareceu para diversas pessoas, ficou com elas, por prazo de 40 dias, comendo e bebendo, para provar que ele não era um fantasma nem um espírito mas sim uma pessoa de carne e ossos que podia ser tocada; deu as instruções e aconteceu mais uma coisa inédita ali.
5 – Falar sobre a maneira inédita como subiu ao céu, na presença de quase 500 pessoas –
6 – Como as pessoas ficaram olhando para o céu e o que apareceu a eles e o que lhes disse.
7 – A empolgação das pessoas sobre a volta de Jesus: Só falavam nisso...
8 – Como gostavam de se reunir no primeiro dia da semana e rememorar suas palavras; seus feitos...
9 – Enfatizar como era as reuniões, partir o pão e ouvir da boca dos andaram com ele o que ele fez- Virou uma febre: “Jesus vai voltar, Jesus vai voltar!”
10 - Paulo, o maior missionário - gostava de uma mensagem:

O tribunal de Cristo


O tribunal de Cristo
2Co. 5:10
Introdução
O tribunal de Cristo será um juízo de recompensas, pois este se refere à sua Igreja arrebatada.(Rm 8:1Portanto agora, nenhuma condenação há...) Naquele tribunal o Senhor Jesus recompensará as obras dos seus filhos, isto é, o que eles realizaram na terra, por amor a ele.
Hb. 6:10 diz Porque Deus não é injusto, para se esquecer da vossa obra, e do amor que para com o seu nome mostrastes...
Naquele dia, serão distribuídos 5 tipos de coroas entre os fiéis, conforme a atuação de cada um de nós. continua...

sábado, 3 de dezembro de 2011

MEDITAÇÃO


Sete Atitudes para Uma Vida Melhor
Js. 1:6-9
No livro de Josué, capítulo 1, a partir do verso 6, encontramos as seguintes palavras do Senhor:
6 Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria.Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares.Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.
Neste breve trecho, encontramos pelo menos sete atitudes que o cristão deve tomar em relação às lutas e provações (Deus estava preparando Josué, pois uma grande luta haveria de ser travada).
Primeira atitude: Esforçar-se.
Sem esforço total jamais conseguiremos atingir os nossos objetivos; muitas vezes o cansaço vem para nos prostrar e nos forçando a desistir. Quantas vezes iniciamos projetos e paramos no meio do caminho?
Segunda atitude: Ter bom ânimo.
Sabemos que o desânimo é uma arma poderosa usada por satanás para nos desestimular. O conselho do apóstolo Paulo: "Sede firmes e constantes, .... pois o vosso trabalho não é vão no Senhor".
Terceira atitude: Não desviar-se da Lei do Senhor.
Ou seja, a Palavra de Deus deve estar permanentemente em nossos corações (ver Salmos 119 versos 1-12). Desviar da Lei do Senhor é retroceder na fé, é negar o sacrifício de Cristo, é desistir de Deus, é desobedecer, é tornar-se um desertor.
Quarta atitude: A Palavra do Senhor deve estar na boca e no coração.
Às vezes são tantas as tribulações e as provas que nos esquecemos da Palavra de Deus e ficamos falando somente das lutas, das dificuldades e dos problemas. Expressões tais como "tá difícil", "eu não estou suportando mais", "não sei como isto vai terminar", etc, nos impedem de ver e ouvir o Senhor Jesus, que disse: “minha graça te basta! o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”!
Quinta atitude: Meditação na Palavra de Deus.
Além de ouvir, ler, estudar e memorizar a Palavra de Deus, a meditação nos revela caminhos nunca antes reconhecidos para a prosperidade, porque os problemas se acumulam de tal maneira que "lançam areia em nossos olhos", cegando-nos para visualizarmos as prováveis soluções.
Sexta atitude: Não temer.
O medo de enfrentar os problemas, os fatos reais, as pessoas envolvidas, muitas vezes nos fazem recuar. Aquele que crê no Senhor sabe que somente nEle alcançaremos a força contra o medo ("no dia em que temer, hei de confiar em Ti" - já dizia o salmista). O medo fez que Adão se escondesse de Deus.
Sétima atitude: Não se espantar
Uma máxima filosófica é esta: "há mais coisas entre o céu e a terra do que imagina a vã filosofia". O sábio Salomão, em Eclesiastes, diz: "não há nada de novo embaixo do sol", isto é, as coisas que acontecem hoje com uma pessoa, tanto na área sentimental, física ou espiritual, já aconteceram, de certa forma, com outras pessoas. Os problemas e aflições que hoje passamos foram experimentados no passado e muitos saíram vencedores.
Lembre-se: O Senhor Deus é contigo, por onde quer que andares (v.9b)!
Glória a Deus!! Amém!!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

A vinha de Nabote


A vinha de Nabote

I Rs. 21.1-3 - E sucedeu depois destas coisas que, Nabote, o jizreelita, tinha uma vinha em Jizreel junto ao palácio de Acabe, rei de Samaria. 2 Então Acabe falou a Nabote, dizendo: Dá-me a tua vinha, para que me sirva de horta, pois está vizinha ao lado da minha casa; e te darei por ela outra vinha melhor: ou, se for do teu agrado, dar-te-ei o seu valor em dinheiro. 3 Porém Nabote disse a Acabe: Guarde-me o SENHOR de que eu te dê a herança de meus pais.
Introdução
Fato ocorrido mais ou menos 850 antes de Cristo...
Vamos conhecer um pouco os personagem desta história.
Nabote (Superior)- um herdeiro de uma vinha que ficava perto do palácio.
I Rs.21.1b - Nabote, o jizreelita, tinha uma vinha em Jizreel junto ao palácio de Acabe, rei de Samaria.
Acabe,(Irmão do pai), 7º rei de Israel.
I.Rs.16.29 - E Acabe, filho de Onri, começou a reinar sobre Israel no ano trigésimo oitavo de Asa, rei de Judá; e reinou Acabe, filho de Onri, sobre Israel, em Samaria, vinte e dois anos.
Jezabel,(Sem nobreza) Filha de Etbaal rei dos sidônios; personagem forte, dominadora, maligna, feiticeira, adoradora de um falso deus chamado Baal.
Pense numa mulher ruim!
I Rs. 16.31 - E sucedeu que (como se fora pouco andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate) ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi e serviu a Baal, e o adorou.
Acabe, personagem fraca, pusílame, (chorão).
A negociação:
IRs. 21.2 - Então Acabe falou a Nabote, dizendo: Dá-me a tua vinha, para que me sirva de horta, pois está vizinha ao lado da minha casa; e te darei por ela outra vinha melhor: ou, se for do teu agrado, dar-te-ei o seu valor em dinheiro.
Detalhe: Se tinha outra melhor, porque queria aquela?
Na verdade Acabe estava possuído do pecado mais antigo- A Cobiça.
A Bíblia nos mostra que o Querubim ungido, cobiçou o trono de Deus e este foi o início de todo o mal.
Is. 14.13,14 - E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. 14 Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.
A posição de Nabote.
I.Rs.21.3 - Porém Nabote disse a Acabe: Guarde-me o SENHOR de que eu te dê a herança de meus pais..
Detalhe: Nabote preferiu enfrentar a fúria do rei a ferir a Palavra de Deus.
Nm.36.7 - Assim a herança dos filhos de Israel não passará de tribo em tribo; pois os filhos de Israel se chegarão cada um à herança da tribo de seus pais.
A Resposta de Nabote foi: “Guarde-me o SENHOR de que eu te dê a herança de meus pais”.
Acabe mostra sua personalidade:
I.Rs.21.4  - Então Acabe veio desgostoso e indignado à sua casa, por causa da palavra que Nabote, o jizreelita, lhe falara, quando disse: Não te darei a herança de meus pais. E deitou-se na sua cama, e voltou o rosto, e não comeu pão.
Amoado, greve de fome.
Jezabel mostra sua personalidade. (Mostra que é sem nobreza, mesmo).
I.Rs.21.5-7 - Porém, vindo a ele Jezabel, sua mulher, lhe disse: Que há, que está tão desgostoso o teu espírito, e não comes pão? 6 E ele lhe disse: Porque falei a Nabote, o jizreelita, e lhe disse: Dá-me a tua vinha por dinheiro; ou, se te apraz, te darei outra vinha em seu lugar. Porém ele disse: Não te darei a minha vinha. 7 Então Jezabel, sua mulher lhe disse: Governas tu agora no reino de Israel? Levanta-te, come pão, e alegre-se o teu coração; eu te darei a vinha de Nabote, o jizreelita.
Como Jezabel iria dar aquilo que não era seu?
Vejamos a trama diabólica:
I.Rs.21.8-16 - Então escreveu cartas em nome de Acabe, e as selou com o seu sinete; e mandou as cartas aos anciãos e aos nobres que havia na sua cidade e habitavam com Nabote. 9 E escreveu nas cartas, dizendo: Apregoai um jejum, e ponde Nabote diante do povo. 10 E ponde defronte dele dois filhos de Belial, que testemunhem contra ele, dizendo: Blasfemaste contra Deus e contra o rei; e trazei-o fora, e apedrejai-o para que morra. 11 E os homens da sua cidade, os anciãos e os nobres que habitavam na sua cidade, fizeram como Jezabel lhes ordenara, conforme estava escrito nas cartas que lhes mandara. 12 Apregoaram um jejum, e puseram a Nabote diante do povo. 13 Então vieram dois homens, filhos de Belial, e puseram-se defronte dele; e os homens, filhos de Belial, testemunharam contra ele, contra Nabote, perante o povo, dizendo: Nabote blasfemou contra Deus e contra o rei. E o levaram para fora da cidade, e o apedrejaram, e morreu. 14 Então mandaram dizer a Jezabel: Nabote foi apedrejado, e morreu. 15 E sucedeu que, ouvindo Jezabel que já fora apedrejado Nabote, e morrera, disse a Acabe: Levanta-te, e possui a vinha de Nabote, o jizreelita, a qual te recusou dar por dinheiro; porque Nabote não vive, mas é morto. 16 E sucedeu que, ouvindo Acabe, que Nabote já era morto, levantou-se para descer para a vinha de Nabote, o jizreelita, para tomar posse dela.
Comentários:
a) Dois homens de belial(Homens malignos, sem caráter, não valem nada) duas falsas testemunhas.
b) Anciãos e nobres (Os conselheiros da nação, os representantes da sociedade e da religião).
c) Jejum da impiedade
Crime bárbaro assassinaram um inocente.
Detalhe: Nabote só aparece aqui neste primeiro livro dos reis. E por que esta história ficou registrada?...Não é por acaso.
Deus resolve agir:
I.Rs.21.17-21 - Então veio a palavra do SENHOR a Elias, o tisbita, dizendo: Levanta-te, desce para encontrar-te com Acabe, rei de Israel, que está em Samaria; eis que está na vinha de Nabote, aonde tem descido para possuí-la.19  E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o SENHOR: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote lamberão também o teu próprio sangue. 20  E disse Acabe a Elias: Já me achaste, inimigo meu? E ele disse: Achei-te; porquanto já te vendeste para fazeres o que é mau aos olhos do SENHOR. 21 Eis que trarei mal sobre ti, e arrancarei a tua posteridade, e arrancarei de Acabe a todo o homem, tanto o escravo como o livre em Israel.
Deus é a fiel testemunha, Ele viu o que Jezabel fez a Nabote com o consentimento de Acabe. Ele era o rei, era ele o responsável por toda aquela tragédia que se abateu sobre o inocente Nabote.
Jezabel também não ficaria impune.
I RS.21.23 - E também acerca de Jezabel falou o SENHOR, dizendo: Os cães comerão a Jezabel junto ao antemuro de Jizreel.
Os herdeiros do rei também não ficariam impunes
I RS.21.21 - Eis que trarei mal sobre ti, e arrancarei a tua posteridade, e arrancarei de Acabe a todo o homem, tanto o escravo como o livre em Israel.
Compare com Êx. 20.5 ...porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
Detalhe: Acabe era pai de 70 filhos.
O Cumprimento da promessa de Deus através do profeta Elias:
- Acabe
IRs.22-29-39 - Assim o rei de Israel (Acabe) e Jeosafá, rei de Judá, subiram a Ramote de Gileade. 30  E disse Acabe a Jeosafá: Eu me disfarçarei, e entrarei na peleja; tu porém veste as tuas roupas. Disfarçou-se, pois, o rei de Israel, e entrou na peleja. 31  E o rei da Síria dera ordem aos capitães dos carros, que eram trinta e dois, dizendo: Não pelejareis nem contra pequeno nem contra grande, mas só contra o rei de Israel. 32  Sucedeu que, vendo os capitães dos carros a Jeosafá, disseram eles: Certamente este é o rei de Israel. E chegaram-se a ele, para pelejar com ele; porém Jeosafá gritou. 33  E sucedeu que, vendo os capitães dos carros que não era o rei de Israel, deixaram de segui-lo. 34  Então um homem armou o arco, e atirou a esmo, e feriu o rei de Israel por entre as fivelas e as couraças; então ele disse ao seu carreteiro: Dá volta, e tira-me do exército, porque estou gravemente ferido. 35  E a peleja foi crescendo naquele dia, e o rei foi sustentado no carro defronte dos sírios; porém ele morreu à tarde; e o sangue da ferida corria para o fundo do carro. 36  E depois do sol posto passou um pregão pelo exército, dizendo: Cada um para a sua cidade, e cada um para a sua terra! 37  E morreu o rei, e o levaram a Samaria; e sepultaram o rei em Samaria. 38  E, lavando-se o carro no tanque de Samaria, os cães lamberam o seu sangue (ora as prostitutas se lavavam ali), conforme à palavra que o SENHOR tinha falado.
Mas, não foi isto mesmo que Deus mandou dizer através do profeta Elias?
I.Rs.21.19- E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o SENHOR: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote lamberão também o teu próprio sangue.
Pronto, um já dançou!
- Jezabel
II Rs. 9.30-36 - Depois Jeú veio a Jizreel, o que ouvindo Jezabel, pintou-se em volta dos olhos, enfeitou a sua cabeça, e olhou pela janela. 31 E, entrando Jeú pelas portas, disse ela: Teve paz Zinri, que matou a seu senhor? 32 E levantou ele o rosto para a janela e disse: Quem é comigo? Quem? E dois ou três eunucos olharam para ele. 33 Então disse ele: Lançai-a daí abaixo. E lançaram-na abaixo; e foram salpicados com o seu sangue a parede e os cavalos, e Jeú a atropelou. 34 Entrando ele e havendo comido e bebido, disse: Olhai por aquela maldita, e sepultai-a, porque é filha de rei. 35 E foram para a sepultar; porém não acharam dela senão somente a caveira, os pés e as palmas das mãos. 36 Então voltaram, e lho fizeram saber; e ele disse: Esta é a palavra do SENHOR, a qual falou pelo ministério de Elias, o tisbita, seu servo, dizendo: No pedaço do campo de Jizreel os cães comerão a carne de Jezabel.)- Jeú (Ele é Jeová)
Deus cumprindo sua promessa a respeito daquela mulher perversa.
I RS.21.23 - E também acerca de Jezabel falou o SENHOR, dizendo: Os cães comerão a Jezabel junto ao antemuro de Jizreel.
Jezabel já recebeu sua recompensa
3º - Os filhos
II Rs.10.1-11  E Acabe tinha setenta filhos em Samaria. Jeú escreveu cartas, e as enviou a Samaria, aos chefes de Jizreel, aos anciãos e aos aios dos filhos de Acabe, dizendo: 2 Logo, em chegando a vós esta carta, pois estão convosco os filhos de vosso senhor, como também os carros, os cavalos, a cidade fortalecida e as armas, 3 Olhai pelo melhor e mais reto dos filhos de vosso senhor, o qual ponde sobre o trono de seu pai, e pelejai pela casa de vosso SENHOR. 4 Porém eles temeram muitíssimo, e disseram: Eis que dois reis não puderam resistir a ele; como, pois, poderemos nós resistir-lhe? 5 Então o que tinha cargo da casa, e o que tinha cargo da cidade, os anciãos e os aios mandaram dizer a Jeú: Teus servos somos, e tudo quanto nos disseres faremos; a ninguém constituiremos rei; faze o que parecer bom aos teus olhos. 6 Então segunda vez lhes escreveu outra carta, dizendo: Se fordes meus, e ouvirdes a minha voz, tomai as cabeças dos homens, filhos de vosso senhor, e vinde a mim amanhã, a este tempo, a Jizreel (os filhos do rei, setenta homens, estavam com os grandes da cidade, que os mantinham). 7 Sucedeu que, chegada a eles a carta, tomaram os filhos do rei, e os mataram, setenta homens e puseram as suas cabeças nuns cestos, e lhas mandaram a Jizreel. 8 E um mensageiro veio, e lhe anunciou dizendo: Trouxeram as cabeças dos filhos do rei. E ele disse: Ponde-as em dois montões à entrada da porta, até amanhã. 9 E sucedeu que, pela manhã, saindo ele, parou, e disse a todo o povo: Vós sois justos; eis que eu conspirei contra o meu senhor, e o matei; mas quem feriu a todos estes? 10  Sabei, pois, agora que, da palavra do SENHOR que o SENHOR falou contra a casa de Acabe, nada cairá em terra, porque o SENHOR tem feito o que falou pelo ministério de seu servo Elias. 11  Também Jeú feriu a todos os restantes da casa de Acabe em Jizreel, como também a todos os seus grandes, os seus conhecidos e seus sacerdotes, até não deixar nenhum restante.
Voltemos ao que Deus mandou o profeta Elias dizer a Acabe.
I RS.21.21 - Eis que trarei mal sobre ti, e arrancarei a tua posteridade, e arrancarei de Acabe a todo o homem, tanto o escravo como o livre em Israel.
Compare com Rm.12.19- Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor.
Detalhe: Porque Deus não deixou nenhum dos filhos de Acabe?
- Porque a vinha de Nabote passaria a ser herança deles.
Esta é a história.
Porque a trouxe, que lição tem para nós hoje. Porque a história registrou este fato com aquele homem chamado Nabote?
Porque 850 anos depois iria acontecer o mesmo com Jesus.
Confira comigo.
Mt. 21.33-38 - Ouvi, ainda, outra parábola: Houve um homem, pai de família, que plantou uma vinha, e circundou-a de um valado, e construiu nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se para longe. 34 E, chegando o tempo dos frutos, enviou os seus servos aos lavradores, para receber os seus frutos. 35 E os lavradores, apoderando-se dos servos, feriram um, mataram outro, e apedrejaram outro. 36 Depois enviou outros servos, em maior número do que os primeiros; e eles fizeram-lhes o mesmo. 37 E, por último, enviou-lhes seu filho, dizendo: Terão respeito a meu filho. 38 Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; vinde, matemo-lo, e apoderemo-nos da sua herança. 39 E, lançando mão dele, o arrastaram para fora da vinha, e o mataram.
Paralelos:
1- Nabote possuía uma herança –mataram-no.
- Jesus, o herdeiro veio e mataram-no.
2 – Os anciãos, os príncipes e as 2 falsas testemunhas montaram um complô contra Nabote.
I Rs. 21.10 - E ponde defronte dele dois filhos de Belial, que testemunhem contra ele, dizendo: Blasfemaste contra Deus e contra o rei; e trazei-o fora, e apedrejai-o para que morra.
– É impressionante que fizeram a mesma coisa com Jesus.
Compare com Mt. 26.59-63 - Ora, os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos, e todo o conselho, buscavam falso testemunho contra Jesus, para poderem dar-lhe a morte; 60 E não o achavam; apesar de se apresentarem muitas testemunhas falsas, não o achavam. Mas, por fim chegaram duas testemunhas falsas, 61 E disseram: Este disse: Eu posso derrubar o templo de Deus, e reedificá-lo em três dias. 62 E, levantando-se o sumo sacerdote, disse-lhe: Não respondes coisa alguma ao que estes depõem contra ti? 63 Jesus, porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus.
O ancião mais poderoso – o Sumo Sacerdote.
3 – Acusaram Nabote de ser contra Deus e contra o rei.
I Rs. 21.13 – Então vieram dois homens, filhos de Belial, e puseram-se defronte dele; e os homens, filhos de Belial, testemunharam contra ele, contra Nabote, perante o povo, dizendo: Nabote blasfemou contra Deus e contra o rei. E o levaram para fora da cidade, e o apedrejaram, e morreu.
– O mesmo aconteceu com Jesus
Mt.26.60b,61Mas, por fim chegaram duas testemunhas falsas,61 E disseram: Este disse: Eu posso derrubar o templo de Deus, e reedificá-lo em três dias.
Jo.29.12 - ouvimos esse dizer que é rei. E todo aquele que se faz rei não é amigo de Cezar.
4 – Arrastaram Nabote e o mataram apedrejado, fora da cidade
I Rs. 21.13b - E o levaram para fora da cidade, e o apedrejaram, e morreu.
– Coisa semelhante aconteceu com Jesus.
Mt.21.39 - E, lançando mão dele, o arrastaram para fora da vinha, e o mataram.(Jesus contando sobre o herdeiro).
Mc.15.20 - E, havendo-o escarnecido, despiram-lhe a púrpura, e o vestiram com as suas próprias vestes; e o levaram para fora a fim de o crucificarem.
5 – O corpo de Nabote ficou sepultado sob uma montanha de pedras
IRs.21.13b - E o levaram para fora da cidade, e o apedrejaram, e morreu.
– O corpo de Jesus também ficou sepultado sob uma grande pedra.
Mt. 27.59-60 - E José, tomando o corpo, envolveu-o num fino e limpo lençol, 60 E o pôs no seu sepulcro novo, que havia aberto em rocha, e, rodando uma grande pedra para a porta do sepulcro, retirou-se.
O diferencial: – O corpo de Nabote pereceu debaixo das pedras, mas o corpo de Cristo Jesus, o Herdeiro de Deus, ao terceiro dia ressuscitou vitorioso! –Aleluia.
Conclusão
A história de Nabote, como ele tornou-se o motivo da destruição total da família real, ficou registrada para mostrar-nos que Deus cumpre suas promessas. Tudo quanto foi predito pelo profeta Elias, aconteceu.
A vingança de Deus sobre os que mataram seu Filho e não se arrependeram é certa!
2 Ts. 1.6-9 - Se de fato é justo diante de Deus que dê em paga tribulação aos que vos atribulam, 7 E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu poder, 8 Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; 9 Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder.
A figura dos filhos de Acabe e Jezabel, é a figura dos filhos do mal, a figura dos que vivem fora da palavra de Deus.
Tudo que fizeram com Jesus Cristo, vai ter troco, (se não se arrependerem), irão sofrer a destruição total e eterna.
Só há uma solução: o Arrependimento.
Paulo escreveu aos Romanos  18.1 -Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
A humanidade (os filhos de Acabe, os filhos do mal), precisa saber, precisa conhecer o amor de Deus, mas precisa conhecer também a sua justiça.
Is. 61. 2 a apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus.
Só há um meio de escapar da Ira de Deus. – Confessando o pecado para ser perdoado.
I Jo.1.9 - Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
Foi uma injustiça o que fizeram com Nabote? Foi.
Os que fizeram aquilo, pagaram um preço muito alto. Acabe, Jezabel e os 70 filhos.
Foi injustiça o que fizeram com Jesus? Foi!
Eu e você, com nossos pecados matamos Jesus. Eu e você somos os Acabes, as Jezabel e os filhos, algozes do Herdeiro de Deus.
A pergunta agora é: Que faremos?
A resposta vem da própria palavra de Deus.
At.3.19 - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR.

Minha vida, Impacto para a Nação


Minha vida, Impacto para a Nação

At. 17.6b - Estes que têm alvoroçado o mundo, chegaram também aqui;
Paulo e Silas havia causado um reboliço em Filipos. Depois foram para Anfípolis e Apolônia. Agora já estavam em Tessalônica fazendo a mesma coisa: impactando vidas com suas vidas sendo usadas por Deus na pregação do Evangelho.
O verso 4 do capítulo 17 de Atos nos diz que: alguns deles creram, e ajuntaram-se com Paulo e Silas; e também uma grande multidão de gregos religiosos, e não poucas mulheres principais.
De fato, Paulo e Silas estavam alvoroçando o mundo com a mensagem do Evangelho.
Precisamos impactar a Nação brasileira com a mensagem do evangelho de Jesus Cristo, “que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê” (Rm. 1:16).
Quero nesta manhã deste domingo, quando encerramos a Campanha de Missões Nacionais, abordar alguns fatores que podem causar impacto na ação missionária e na vida dos brasileiros:
O primeiro deles é o TESTEMUNHO: Quando Jesus disse "ser-me-eis testemunhas", foi abordando a ação de vida de cada um de nós. Nesta ordem de Jesus, está a determinação que seus discípulos deveriam ser diferentes dos outros pregadores que existiam porque a mensagem que eles transmitiam era diferente.
Exemplos influenciam mais do' que preceitos; piedade mais do que eloquência e retórica. Santidade mais que fama e dinheiro, amor mais do que crescimento. Crescimento sem amor é sal sem sabor, é inchaço. Testemunhos de homens e mulheres que têm intimidade com Deus são capazes de impactar vidas.
John Wesley disse: "Dai-me cem homens que não amem ninguém mais do que a Deus, que não temam nada senão o pecado, e com eles abalarei o mundo."
Meu irmão, minha irmã! Qual tem sido nosso testemunho por onde andamos, onde trabalhamos, onde estudamos, onde moramos, diante das pessoas com quem nos relacionamos no dia-a-dia?
Se não testemunharmos, jamais nossa vida será impacto para ninguém.
O segundo fator é a ORAÇÃO: Quanto mais oração mais poder do Espírito Santo. Se o povo de Deus, que se chama batista, se dispuser a orar “as outras coisas nos serão acrescentadas”. Precisamos não apenas de luz, mas de fogo, não apenas do conhecimento, mas da unção. Se quisermos ganhar o Brasil para Cristo temos que orar.
Quando oramos no sentido real do termo, até um graveto seco pega fogo, o fogo do Espírito; até a lenha verde começa a arder. Paulo escrevendo a Timóteo, recomenda que “antes de tudo se faça orações pela nação”.
Orar, nós sabemos, é conversar com Deus. Se Deus é o Senhor da Obra, então precisamos conversar com Ele a fim de Ele nos mostre como agir para obtermos sucesso em nosso trabalho.
O terceiro fator que pode impactar a nação é a PREGAÇÃO. Uma das áreas mais importantes na pregação é o poder do Espírito Santo.
Os discípulos antes de sair para pregar receberam a orientação, que “permanecessem na cidade de Jerusalém até que fossem revestidos de poder” (Lc. 24.49). Tal realidade foi comprovada em Atos 4.31.
At. 4.31 - E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.
É uma pregação preparada, ungida, vivida pelo pregador que compunge os corações dos homens. At. 2.37 diz: E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?
O poder de Deus não flui simplesmente através de métodos, mas de homens e mulheres cheios do poder do Espírito Santo. Ele não unge planos, mas homens e mulheres acessíveis à sua vontade.
Conclusão
Se estes três fatores Testemunho, Oração e Pregação estiverem presentes em nosso viver diário, aí sim podemos dizer: “Minha vida, impacto para a nação”.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

PASTORAL


Fé e Missão
"Qual é o proveito se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras?" (Tiago 1:14)
Nós precisamos urgentemente reavaliar o que é que entendemos por fé e missão quando falamos de cristianismo. Precisamos reavaliar a nossa fé em relação a missão da igreja. Muitas vezes não sabemos o que fazer com a fé e como é que ela opera no mundo, pois temos apenas uma vaga idéia do que é que Deus requer de cada um de nós em relação à sociedade ao nosso redor.
Às vezes a igreja se assemelha a um barco solto no mar em busca daqueles que sofreram um naufrágio. Temos uma mentalidade de que quanto mais salvarmos e colocarmos para dentro do barco, melhor é. Geralmente, depois de colocarmos as pessoas neste barco, nós não nos preocupamos com elas no sentido de ensiná-las a como se manter neste barco e nos preocupamos menos ainda com as pessoas que ficaram para fora do barco. Nos damos por satisfeitos com uns poucos que conseguimos resgatar.
Reavaliar a nossa fé em relação a nossa missão é justamente colocar em prática os ensinos globais de Jesus Cristo. Ele não pediu que resgatássemos uns e abando-nássemos os outros. O Novo Testamento nos ensina que enquanto a igreja caminha para a consumação dos séculos, ela tem por missão se preocupar com todos os aspectos concretos que fazem parte da realidade do ser humano. Isto significa que somos chamados a ser não somente observadores no reino de Deus, mas participantes ativos do mesmo. Nós participamos salvando e servindo. Agindo assim nos tornamos semelhantes ao nosso Senhor, que veio para salvar e servir. Fé e ação andam juntas.
Peça que Deus lhe ilumine os passos, a fim de que você possa cumprir com a sua missão no mundo. Isto trará grandes alegrias ao seu coração, pois você estará em sintonia com o propósito salvador de Deus. Quando isto estiver acontecendo, você perceberá o quanto você é importante para Deus e para o seu reino.

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...